CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
PROF. BIRCK JUNIOR, O POETA ARRETADO
QUEM NÃO É SOL AOS PRÓPRIOS OLHOS, NÃO PODE SER ESTRELA AO OLHAR DOS OUTROS!
Textos


A REPÚBLICA PRIVADA DO BRASIL
 
              O pobre se contenta com migalhas, aceita quem lhe bota as cangalhas e não se importa de ser governado por canalhas!
         Aqui se permite até frequentar as escolas, mas não se permite aprender!
         Aqui se permite que se leve o doente ao hospital do SUS, mas não se permite atender e curar!
         Aqui se permite que se dê queixa do agressor na delegacia, mas não se permite fazer justiça! 
         Aqui se permite ter Policia Militar, viaturas e um complexo prisional, mas não se permite segurança ao cidadão! 
         Aqui se permite ter um cartão de credito e uma conta bancaria, mas em troca de um juro extorsivo! 
         Aqui se permite votar nos candidatos na eleição, mas não se permite que se governe para o povo! 
         Aqui se permite ao poeta publicar independente os seus versos, mas não se permite vender nas livrarias!
         Aqui se permite concluir a faculdade, mas não se permite acesso ao emprego!
         Aqui se permite até assistir de graça a televisão aberta, mas não se permite acesso a uma programação de qualidade!
          Aqui se permite ser torcedor fanático e folião apaixonado, mas não se permite ser cidadão!       
         Aqui o pobre vive de atrevido, tem vida sem sentido e se o politico lhe roubar não faz alarido!
         Aqui os ricos extrapolam os limites do teto salarial da riqueza, ao passo que os pobres avançam na linha abaixo da pobreza! 
         Aqui os parlamentares legislam para os próprios interesses, mas a população pensa que lhes representam na Prefeitura, na Câmara, no Congresso, no Senado e no Planalto!
         Aqui se tem uma cleptocracia onde o roubo aos cofres públicos é constitucional no caixa dois dos partidos e nas doações de banqueiros, empreiteiros e telecomunicações, mas a maioria do povo semianalfabeto pensa que é uma democracia!  
         Aqui se mata a torta e a direita a cada dez minutos se enterram um cadáver, mas o povo diz que é uma terra de paz, sem guerra, sem tufão, sem vulcão, sem Tsunami, de gente ordeira, pacifica, tolerante...
          Aqui se permite roubar, desviar dinheiro da merenda, mas não se permite punir os corruptos!
          Aqui se permite a televisão informar apresentando o rotulo da noticia, mas não se permite comentar, debater, formar opinião... O telespectador assiste ao noticiário e continua um imbecil, um idiota alienado.  
         Aqui se permite ser um Estado, mas não se permite ser uma nação! 
         Aqui se permite ao povo ser torcedor, ser folião fundamentalista, mas não ser cidadão!
         Aqui se permite votar nas eleições, eleger os governantes, mas não se permite participar das decisões politicas do Congresso Nacional da Republica!
         Aqui é o único lugar do mundo em que se tem uma “republica”, mas que ao invés de significar uma “coisa publica”, significa “coisa particular”!   


Extraido do livro: "A SAGA DE ZUMBI DOS PALMARES NO BRASIL CONTRA O TRONCO O CHICOTE E O FUZIL", pg. 188-190, do poeta BIRCK JUNIOR  (Á VENDA POR E-MAIL)  
 
Birck Junior
Enviado por Birck Junior em 31/08/2016
Alterado em 03/09/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários