CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
PROF. BIRCK JUNIOR, O POETA ARRETADO
QUEM NÃO É SOL AOS PRÓPRIOS OLHOS, NÃO PODE SER ESTRELA AO OLHAR DOS OUTROS!
Textos


O GONDOLEIRO DO AMOR 
CASTRO ALVES (1847-1871)
DAMA NEGRA

Teus olhos são negros, negros, 
Como as noites sem luar... 
São ardentes, são profundos, 
Como o negrume do mar; 


Sobre o barco dos amores, 
Da vida boiando à flor, 
Douram teus olhos a fronte 
Do Gondoleiro do amor. 

Tua voz é cavatina 
Dos palácios de Sorrento, 
Quando a praia beija a vaga, 
Quando a vaga beija o vento. 

E como em noites de Itália 
Ama um canto o pescador, 
Bebe a harmonia em teus cantos 
O Gondoleiro do amor. 

Teu sorriso é uma aurora 
Que o horizonte enrubesceu, 
— Rosa aberta com o biquinho 
Das aves rubras do céu; 

Nas tempestades da vida 
Das rajadas no furor, 
Foi-se a noite, tem auroras 
O Gondoleiro do amor. 

Teu seio é vaga dourada 
Ao tíbio clarão da lua, 
Que, ao murmúrio das volúpias, 
Arqueja, palpita nua; 

Como é doce, em pensamento, 
Do teu colo no langor 
Vogar, naufragar, perder-se 
O Gondoleiro do amor!? 

Teu amor na treva é — um astro, 
No silêncio uma canção, 
É brisa — nas calmarias, 
É abrigo — no tufão; 

Por isso eu te amo, querida, 
Quer no prazer, quer na dor... Rosa! 
Canto! Sombra! Estrela! 
Do Gondoleiro do amor.


 
O Dia do Poeta é em homenagem ao nascimento de Castro Alves, nosso maior e mais ilustre poeta baiano e brasieliro. Sou seu fá incondicional e DAMA NEGRA é um dos poemas mais belos dele. 
SALVE AO DIA DO POETA PARA TODOS OS POETAS E POETISAS DESSE BRASIL.  
CASTRO ALVES - 14 DE MARÇO DE 1847
Enviado por Birck Junior em 14/03/2018
Alterado em 14/03/2018

Música: JARDIM DAS ACÁCIAS - ZÉ RAMALHO - (1980) (2) - Zé Ramalho

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários