BIRCK JUNIOR, UM POETA FORA DA CURVA
SE QUISER VOAR ANDE COM ÁGUIAS AO INVÉS DE GALINHAS
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
SONETO DA PAIXÃO DE JESUS CRISTO
Gregório de Matos
 
A vós correndo vou, braços sagrados,
Nessa cruz sacrossanta descobertos
Que, para receber-me, estais abertos,
E, por não castigar-me, estais cravados.

A vós, divinos olhos, eclipsados
De tanto sangue e lágrimas abertos,
Pois, para perdoar-me, estais despertos,
E, por não condenar-me, estais fechados.

A vós, pregados pés, por não deixar-me,
A vós, sangue vertido, para ungir-me,
A vós, cabeça baixa, p’ra chamar-me

A vós, lado patente, quero unir-me,
A vós, cravos preciosos, quero atar-me,
Para ficar unido, atado e firme.

 
POETA GREGORIO DE MATTOS
Enviado por Birck Junior em 14/04/2017
Alterado em 14/04/2017
Comentários